HomeNike

Como Comprar Ações da Nike em 2021

Nike logo
Nike (NKE)
...
Câmbios 24h
...
exchange
...

Não poderia haver uma empresa mais adequada do que a Nike para ostentar o nome da deusa grega do sucesso. Desde um início modesto no Oregon, a Nike cresceu e tornou-se uma marca global com 1026 lojas de retalho em todo o mundo.

A Nike é o principal fornecedor mundial de calçado e vestuário desportivo, e um importante fabricante de equipamento desportivo. Nos últimos 10 anos, a empresa acumulou 306 mil milhões de dólares em receitas, superando os seus pares por uma larga margem. A Nike é a marca de vestuário mais valiosa do mundo, com uma valorização de 39,1 mil milhões de dólares. 

A Nike entrou na bolsa em 1980 e negoceia na Bolsa de Nova Iorque sob o símbolo NKE.

Este guia mostra-lhe como (e porquê) comprar ações da Nike depois de levar em consideração várias análises técnicas e fatores financeiros.

Como comprar NKE Ações em 5 etapas fáceis

  1. 1
    Visite o eToro através do link abaixo e inscreva-se inserindo seus dados nos campos obrigatórios.
  2. 2
    Forneça todos os seus dados pessoais e preencha um questionário básico para fins informativos.
  3. 3
    Clique em 'Depositar', escolha seu método de pagamento favorito e siga as instruções para depositar em sua conta.
  4. 4
    Pesquise sua ação favorita e veja as principais estatísticas. Quando estiver pronto para investir, clique em 'Negociar'.
  5. 5
    Insira o valor que deseja investir e configure sua negociação para comprar ações.

Tudo o que precisa saber sobre a Nike

Começamos por lhe dar uma breve descrição da Nike como empresa, analisando a história da empresa, os modelos de negócio, a estratégia, a forma como gere as receitas e qual tem sido o seu desempenho financeiro nos últimos cinco anos. Deverá ajudá-lo a tomar decisões de investimento sólidas sobre as ações da empresa.

História da Nike

Nike é a criação de Bill Bowerman, um treinador de atletismo da Universidade do Oregon, e do seu antigo aluno, Phil Knight. A empresa começou como "Blue Ribbon Sports" em 1964, abrindo o seu primeiro ponto de venda a retalho em 1966.

Bowerman e Knight lançaram o sapato da marca Nike em 1972, e renomearam a empresa de "Nike, Inc.", em 1978, na sequência do sucesso do calçado. A empresa é a maior fornecedora mundial de calçado e vestuário desportivo e uma das principais fabricantes de equipamento desportivo. Graças à sua associação com o sucesso no desporto, a marca Nike tornou-se um símbolo de prestígio na moda urbana moderna.

A empresa está sediada perto de Beaverton, Oregon. Em 2020, tem cerca de 76 700 funcionários em todo o mundo. No ano passado, a Nike foi avaliada em mais de 32 mil milhões de dólares, o que a torna a marca mais valiosa entre as empresas desportivas. A Nike tornou-se pública em 1980 na Bolsa de Valores de Nova Iorque com o símbolo “NKE”.

Qual é a estratégia da Nike?

A Nike tem um modelo de negócio de mercado de massas sem diferenciação significativa entre clientes. A empresa tem como alvo os consumidores interessados em calçado desportivo, vestuário e equipamento desportivo. A Nike confia na qualidade, inovação e estatuto da marca para comercializar os seus produtos a clientes de diferentes grupos etários e categorias sociais.

As lojas física constituem o grosso das vendas da empresa, especialmente as lojas da marca Nike. A empresa tem uma extensa rede de vendas, com mais de mil lojas físicas em todo o mundo.

No entanto, devido à pandemia da COVID-19, a Nike tem vindo a navegar para o comércio eletrónico. O seu negócio de comércio digital serve mais de 45 países e está no bom caminho para responder a pelo menos 50% das vendas nos próximos anos.

A Nike está também a investir mais em opções de vendas orientadas para a digitalização. Lançou recentemente a popular aplicação “SNKRS" para aumentar as vendas online. Esta medida deverá reduzir o custo operacional da empresa a longo prazo, reduzindo a sua dependência de parceiros terceiros e atingindo diretamente os consumidores mais jovens. A Nike já está a testar novos formatos de streaming ao vivo, que já são populares na Ásia.

Como é que a Nike faz dinheiro?

A Nike ganha dinheiro principalmente através da venda de calçado através de revendedores que distribuem as marcas Nike em todo o mundo. A empresa gerou lucros de 2,54 mil milhões de dólares a partir de uma receita de 35,53 mil milhões de dólares em 2020. O segmento de calçado da Nike continua a ser o mais rentável da empresa, e continua a apresentar um forte crescimento. O segmento representou 66% (23,3 mil milhões de dólares) das receitas da empresa em 2020. O segmento do vestuário da Nike é o segundo maior da empresa, gerando aproximadamente 11 mil milhões de dólares em receitas em todo o mundo. As vendas do segmento de equipamento foram as que geraram menos receitas na empresa.

A América do Norte é o principal mercado da empresa. A região gerou 40,7% das receitas totais da empresa com vendas brutas de 14,48 mil milhões de dólares. A Europa, Médio Oriente e África constituem o segundo maior mercado da empresa, enquanto a região da Ásia-Pacífico e América Latina - que representou 14% das receitas totais da empresa - é a mais pequena. A Nike é abastecida por cerca de 127 fábricas de calçado localizadas em 15 países, todas fora dos Estados Unidos.

Como tem sido o desempenho da Nike nos anos recentes?

Como mostra o gráfico, as ações da Nike valorizaram em 223,4% nos cinco anos até maio de 2021. Entre meados de 2006 e meados de 2017, as ações tiveram um desempenho inferior, com o preço das ações a atingir consistentemente a faixa de resistência de 57 a 59 dólares. No entanto, desde outubro de 2017, quando a ação quebrou a resistência em 59,08 dólares, a Nike tem estado numa trajetória ascendente, sofrendo apenas pequenos contratempos no caminho.

Em março de 2020, as ações da Nike caíram para o seu nível mais baixo em dois anos, devido à pandemia, e as ações atingiram 67,45 dólares. Posteriormente, recuperaram quase 100%.

À medida que a economia reabre e os números de vacinação continuam a subir, ações como a Nike devem beneficiar dos gastos dos consumidores impulsionados pelo estímulo, elevado nível de poupança, e procura retraída dos consumidores. Espera-se que o preço das ações tenha uma tendência mais alta até ao final do ano 2021, dados os seus resultados impressionantes a partir do primeiro trimestre.

Análise financeira da Nike

A análise financeira é um método de avaliação de um bem para conhecer o seu verdadeiro valor. É um meio de determinar o valor intrínseco de um título (ou seja, de uma ação). A análise financeira analisa a ação de forma holística porque considera todos os fatores que podem afetar o valor da ação. A análise fundamental visa comparar o preço de mercado da ação com o seu valor intrínseco para determinar se está subvalorizada ou sobrevalorizada.

A análise financeira inclui fatores macroeconómicos, tais como o estado da economia e as condições da indústria, e fatores microeconómicos, como a eficácia da gestão da empresa. Os analistas analisam a condição económica global e a força da indústria específica antes de se concentrarem no desempenho individual da empresa para chegar a um valor de mercado justo para as ações.

Os analistas utilizam determinadas métricas para realizar análises financeiras de uma ação. Essas métricas incluem o índice P/L, as receitas, os lucros, os lucros por ação, o "dividend yield" e o fluxo de caixa.

Receitas da Nike

Em 2020, as receitas globais da Nike ascenderam a cerca de 37,4 mil milhões de dólares americanos. A América do Norte continua a ser o maior mercado da empresa, representando 39% das receitas geradas durante esse período. O segmento do calçado é a unidade mais rentável da Nike. O calçado gerou 23,3 mil milhões de dólares para a empresa, em comparação com 10,9 mil milhões de dólares para o vestuário. As receitas geradas com a venda de equipamento foram de cerca de 1,28 mil milhões de dólares.

Os resultados impressionantes registados em 2020 continuaram no ano fiscal seguinte, e a Nike teve um 1.º trimestre de 2021 impressionante. A empresa reportou um rendimento líquido de 1,45 mil milhões de dólares. As vendas totais subiram para 10,36 mil milhões de dólares dos 10,1 mil milhões do ano anterior, embora o valor tenha ficado aquém das expectativas dos analistas, de 11,02 mil milhões de dólares.

O negócio da Nike de venda direta ao consumidor cresceu 20% ano após ano, para 4 mil milhões de dólares. As vendas online cresceram 59%. A empresa disse ter registado mais de mil milhões de dólares em vendas online na América do Norte, pela primeira vez.

Fonte: Yahoo! Finance

Lucro por ação da Nike

O lucro por ação (EPS) ajuda os analistas financeiros e investidores a pesar a solidez financeira de uma empresa. É considerado como uma das variáveis mais importantes na determinação do valor das ações.

Muitos investidores ainda consideram o EPS como um indicador da rentabilidade de uma empresa. O EPS é calculado dividindo o lucro da empresa pelo número total de ações em circulação das suas ações ordinárias. Um EPS mais elevado significa que uma empresa é suficientemente lucrativa para pagar mais dinheiro aos seus acionistas. Os investidores que não querem calcular sozinhos o índice podem encontrá-lo em sites financeiros, como o “Yahoo! Finances”, e sites dos principais corretores.

No ano fiscal de 2020, o EPS básico da Nike era de 1,63 $ por ação, enquanto o valor diluído era de 1,60 $ por ação.

Fonte: Yahoo! Finance

Índice P/L da Nike

O índice preço/lucro (P/L) é outra métrica amplamente utilizada por analistas e investidores financeiros para determinar o valor de uma ação em comparação com os lucros da empresa.

O P/L mostra o que o mercado está disposto a pagar hoje por uma ação com base nos seus lucros. Um P/L elevado pode significar que o preço de uma ação está elevado em relação aos ganhos e que possivelmente está sobrevalorizado. Indica que os investidores estão à espera de um maior crescimento dos lucros no futuro, pelo que estão dispostos a pagar um preço por ação mais elevado no presente. Pelo contrário, um P/L baixo pode indicar que o preço atual das ações está baixo em relação aos ganhos e que possivelmente está subvalorizado.

As ações de crescimento, à semelhança das empresas tecnológicas, têm normalmente um P/L elevado porque os investidores esperam maiores retornos futuros. Isto é diferente das ações de valor, que têm um índice P/L mais baixo, porque os investidores não estão dispostos a pagar um preço mais elevado pelas ações no presente para ganhos futuros.

O índice P/L da Nike no momento da redação é de 83,42, calculado dividindo o seu preço pelos seus lucros por ação (133,47/1,63 = 83,42). Isto implica que os investidores estão dispostos a pagar 83,42 dólares por cada dólar que a Nike ganha por ano. Por outras palavras, eles estão dispostos a esperar mais de 83 anos para recuperar o seu investimento se a empresa continuar a ganhar a essa taxa.

Dividend yield da Nike

O "dividend yield" (expresso em percentagem) é um rácio financeiro que mostra o quanto uma empresa paga em dividendos em cada ano em relação ao preço das suas ações. Também conhecido como índice preço-dividendo (quando expresso em proporção), o "dividend yield" é calculado dividindo o dividendo por ação pelo preço por ação. Pode então ser multiplicado por 100 para obter a percentagem de rendimento.

O "dividend yield" está inversamente relacionado com o preço das ações. Quando o preço de uma ação sobe, o seu valor cai, e vice-versa. É por isso que o "dividend yield" das ações desvalorizadas parece muitas vezes invulgarmente elevado.

As novas empresas que são pequenas e crescem rapidamente pagam dividendos mais baixos do que as empresas maduras nos mesmos setores. As empresas estabelecidas que não estão a crescer muito rapidamente pagam os rendimentos de dividendos mais elevados. Empresas de consumo não cíclicas que vendem artigos básicos ou serviços de utilidade pública são exemplos de setores completos que pagam o rendimento médio mais elevado.

A Nike pagou um dividendo anual de 1,10 $ por ação no ano fiscal de 2020, pelo que o rendimento dos dividendos seria calculado em (1,1/133,47) x 100 = 0,82%.

Fluxo de caixa da Nike

O fluxo de caixa é o aumento ou a diminuição da quantidade de dinheiro que uma empresa tem. Em finanças, o termo é utilizado para descrever o montante de dinheiro (moeda) que é gerado ou consumido num determinado período. A declaração de fluxo de caixa mede a forma como uma empresa gere a sua posição de caixa; por outras palavras, a forma como a empresa gera dinheiro para pagar as suas obrigações de dívida e financiar as suas despesas operacionais.

A declaração de fluxo de caixa permite aos investidores compreender como funcionam as operações de uma empresa, de onde vem o seu dinheiro, e como o dinheiro está a ser gasto. De acordo com o seu relatório fiscal de 2020, a Nike tinha um fluxo de caixa livre de 3,83 mil milhões de dólares, como se pode ver na imagem abaixo.

Fonte: Yahoo! Finance

Porquê comprar ações da Nike?

Depois de um 2020 sombrio, que registou uma queda nas vendas de 40% no segundo trimestre, a Nike registou um aumento nas vendas. Impulsionada pela vacina COVID-19 e pela reabertura da economia, a Nike é uma das ações de retalho que deve beneficiar do aumento das despesas de verão. A empresa está também a alavancar a sua plataforma online para impulsionar ainda mais as vendas, acomodando assim a mudança nos padrões de compras provocada pela pandemia. Eis algumas razões pelas quais deve comprar ações da Nike:

  • A Nike faz parte da reabertura da bolsa de valores
  • É uma marca conhecida com um modelo de negócios impressionante e um portefólio de produtos extenso
  • É líder de mercado na roupa e no calçado desportivos
  • Paga dividendos regularmente
  • Deve registar um aumento nas vendas com o regresso dos eventos desportivos

Dica de especialista para a compra de ações da Nike

O desporto está de regresso este ano, com grandes eventos desportivos como a NFL e a NBA já a decorrer e os Jogos Olímpicos agendados para agosto. Além disso, existe uma grande procura por parte dos consumidores, impulsionada por um nível de poupança muito elevado. Portanto, poderia ser uma boa altura para comprar e manter uma posição na Nike enquanto acumula mais ações nas marés baixas.
- Tony Loton
Compre Ações Nike Hoje!

Cinco coisas a considerar antes de comprar ações da Nike

Antes de tomar uma decisão de investimento, há certas coisas que deve ter em conta. Eis cinco delas. 

1. Conhecer a empresa 

Compreender a empresa implica conhecer o seu negócio, como gera receitas e quem são os seus concorrentes. Também se pode compreender um negócio olhando para a sua gestão e para a ideologia que ela abraça.

O lendário investidor, Peter Lynch, foi um forte defensor do investimento em empresas conhecidas; ele acreditava que se pode formar expectativas razoáveis sobre o futuro de uma empresa, familiarizando-se profundamente com ela. Warren Buffett também é conhecido por utilizar esta abordagem; o seu conceito de "círculo de competência" incentiva os investidores a concentrarem-se nas áreas que conhecem melhor.

Por muito bem que pense compreender uma empresa, não deixe de estudar as suas finanças antes de investir.  

2. Compreender as bases do investimento

O mundo do investimento oferece um número aparentemente infinito de bens e oportunidades. Como tal, é fácil perder-se na euforia de investir. Mas investir vai além de comprar um ativo e esperar que o seu valor aumente.

Compreender as bases do investimento é semelhante à aprendizagem de uma nova língua. A boa notícia é que uma vez dominado, terá uma melhor compreensão de como investir o seu dinheiro.

Há muitos fatores que fazem uma boa estratégia de investimento. Gestão do risco, diversificação da carteira, análise financeira e análise técnica são algumas das noções básicas que precisa de saber antes de investir.

3. Escolher cuidadosamente o corretor

O seu corretor deve ser uma organização com capacidade para cumprir o seu objetivo de investimento e preservar o seu capital. Se escolher o corretor errado, poderá influenciar o crescimento da sua carteira. Geralmente, as coisas que deve procurar num corretor incluem segurança, regulamentação pelas autoridades relevantes, acesso a bolsas de valores e opções de pagamento.

Pode decidir optar por um corretor gratuito ou por um corretor pago. Se for um pequeno investidor de retalho, um corretor gratuito adequar-se-ia às suas necessidades, uma vez que não incorrerá em custos enormes de transação. No entanto, se tiver um capital avultado, poderá ser melhor procurar os serviços de um corretor profissional que ofereça consultoria de investimento.

4. Decidir quanto deve investir

Existem várias formas de decidir quanto quer investir numa determinada ação.

Pode investir como percentagem da sua carteira, sendo a regra geral a de não investir mais de 2% da sua carteira em qualquer ação. Também pode investir uma quantia específica na ação; por exemplo, 1000 $ em ações da Nike. Em alternativa, pode decidir entrar no mercado em intervalos tais como durante correções e quedas, ou calculando a média do custo da ação ao longo do tempo. 

A chave é nunca investir nenhuma quantia que não se possa dar ao luxo de perder. 

5. Estabelecer um objetivo para o investimento

O seu objetivo de investimento ajuda a clarificar o seu propósito de investir numa determinada ação.

Porque é que está a investir nesta ação em particular? É para manter a longo ou curto prazo? Está a comprar as ações porque gosta da empresa ou porque notou uma oportunidade na ação da qual quer tirar proveito? Estes são os tipos de perguntas a que precisa de responder antes de investir numa ação.

Talvez esteja a comprar as ações para a sua reforma ou para financiar a educação universitária do seu filho. É sempre aconselhável esclarecer a razão pela qual está a investir numa determinada ação porque isto o ajuda a manter-se firme e a cumprir os seus planos iniciais, apesar do ruído diário nos mercados.

A conclusão final sobre a compra de ações da Nike

Em suma, a Nike é uma empresa global que continua a dominar o mercado do vestuário desportivo. Dominou 27,4% do mercado do calçado e roupa de desporto em 2019, e a empresa continua a inovar e a melhorar a qualidade dos seus produtos. A Nike tem sido rentável e tem aumentado consistentemente os seus pagamentos de dividendos ao longo de uma década, apesar de uma recessão e de uma pandemia global.

Para investir em ações da Nike neste momento, basta inscrever-se na conta de negociação de ações de um corretor, financiar a sua conta, selecionar a Nike da sua lista de ações, e colocar uma ordem para comprar as ações. Ou, invista através do Programa de Compra de Ações Diretas da Nike (DSPP).

Se não estiver preparado para investir neste momento, pode continuar a estudar a empresa e ler os nossos outros materiais educativos. 

Açōes Alternativas

Perguntas frequentes

  1. A Nike está principalmente cotada na Bolsa de Valores de Nova Iorque (NYSE). No entanto, a bolsa também negoceia na Bolsa de Valores de Londres e na Deutsche Börse Xetra. Assim, as ações podem ser compradas em qualquer uma dessas bolsas.

  2. Pode comprar ações da Nike a qualquer corretor que tenha acesso à NYSE ou a qualquer um dos seus parceiros autorizados no seu país. Se desejar, pode também usar a opção DSPP da Nike.

  3. A Nike é uma empresa muito boa. As suas ações retornaram mais de 230% nos últimos cinco anos (na altura da redação deste artigo) e a empresa está a adaptar-se ao mundo das vendas online.

  4. Sim, a Nike paga dividendos. No ano fiscal de 2020, a empresa pagou dividendos de 1,10 $ por ação. Aumentou os seus dividendos durante 10 anos consecutivos, aumentando os seus dividendos numa média de 10,93% cada ano. Por estimativa, a Nike paga 59,46% dos seus lucros em dividendos.

  5. Sim, a Nike é uma empresa rentável. Em 2020, a empresa gerou um lucro de 2,54 mil milhões de dólares de uma receita de 35,53 mil milhões de dólares, apesar da pandemia.

  6. A análise técnica pode ser benéfica antes da compra, para afinar o momento oportuno da compra. No entanto, deve fazer uma análise financeira primeiro, para ter a certeza de que a empresa está em boa saúde financeira. A análise financeira diz-lhe se uma empresa é boa para o investimento, ao passo que a análise técnica lhe diz o momento certo para carregar no botão de compra.