HomeNewsDestaques do mercado: Veja por que essas ações tiveram tendência no fim de semana

Destaques do mercado: Veja por que essas ações tiveram tendência no fim de semana

Ruchi Gupta

  • Mercados de ações sangraram na sexta-feira com a inflação dos EUA atingindo novo recorde de 40 anos
  • JPMorgan rebaixou a Chevron com Buckle no topo das estimativas de ganhos do quarto trimestre
  • Pearson rejeita proposta de aquisição de US$ 9,16 bilhões

Mercados de ações sangram quando a inflação dos EUA atinge recorde

Na semana passada, os mercados de ações globais registraram ganhos significativos após o anúncio de que a inflação ao consumidor nos EUA atingiu uma nova alta de 40 anos em 7,9%. Além da inflação, os mercados de ações também foram afetados após o anúncio do Banco Central Europeu de que está acelerando a saída de seu programa de compra de ativos de estímulo.

Wall Street caiu nos dados de inflação e desistiu de parte dos ganhos de rali da sessão anterior. Além disso, as ações da zona do euro caíram com a sessão mais abrangente após o anúncio surpresa do BCE.

JPMorgan rebaixa Chevron para Vender

As ações da Chevron Corporation (NYSE: CVX) subiram 40% desde o início do ano, mas Phil Gresh, do JPMorgan, acha que isso é o máximo que a gigante do petróleo consegue por algum tempo. Como resultado, Gresh rebaixou a ação para Vender na sexta-feira e estabeleceu um preço-alvo de US$ 169. Este é um apelo ousado, dado que o conflito Rússia-Ucrânia levou a um aumento nos preços do petróleo para níveis recordes.

O analista acha que as ações da Chevron estão bem avaliadas em US$ 170, mas ele está otimista com concorrentes como Occidental, Imperial, Exxon, Cenovus e outros. Gresh prevê um preço médio do petróleo Brent de US$ 90 este ano.

Buckle supera as estimativas de ganhos do quarto trimestre.

As ações da Buckle Inc. (NYSE: BKE) subiram quase 1% depois que a varejista de vestuário anunciou ganhos no quarto trimestre que superaram as estimativas. A empresa reportou um lucro líquido de US$ 83,9 milhões ou US$ 1,69 por ação, comparado a US$ 65,6 milhões ou US$ 1,33 por ação um ano atrás. As vendas aumentaram 20% A/A para US$ 380,9 milhões. Os analistas previam vendas de US$ 380,9 e lucro de US$ 1,48 por ação.

As vendas digitais aumentaram 10,5%, enquanto as vendas em lojas comparáveis aumentaram 20%, de acordo com as expectativas dos analistas.

Pearson rejeita oferta de aquisição de US$ 9,16 bilhões da Apollo Global

As ações da Pearson Plc subiram 20% na sexta-feira, e a empresa rejeitou uma oferta de aquisição de US$ 9,16 bilhões da Apollo Global Management Inc. A empresa indicou que a avaliação da empresa de private equity de 854,2 pence a subvalorizou consideravelmente.

O conselho da empresa rejeitou a proposta por unanimidade. Esta será a segunda vez que Pearson rejeita uma proposta da empresa de ações. Em novembro, a Apollo Global propôs adquirir a Pearson a 800 pence por ação.